Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Literatura Recomendada’ Category

10432967_783541935057309_3455389064538895587_nReli pela segunda vez a biografia de São Francisco de Assis, escrita pelo já falecido frei franciscano Inácio Larrañaga, intitulada de “O Irmão de Assis”.
Que grande bem e que consolações recebi da parte de Deus através dessa leitura. Confesso que na primeira lida não tinha absorvido toda a mensagem da vida desse santo homem de Deus. No entanto, após um hiato de quase um ano em que literalmente passei por uma experiência purificadora de deserto na minha fé, ou utilizando a linguagem mística de São João da Cruz: uma verdadeira noite escura da alma, em que avaliei e reavaliei no que cria e porque cria, pude compreender a profundidade e a urgência que os cristãos dos dias de hoje, independente de sua confissão de fé, sejam católicos, protestantes, ortodoxos etc., tem de ouvir uma vez mais a mensagem de sua vida e obra.
Francisco nasceu e viveu no auge da Idade Média. Filho de um rico mercador Italiano e mãe francesa, era um jovem dissoluto que só queria saber de gandaia e noitadas. Após ficar prisioneiro de guerra e sofrer de uma grave doença, teve uma experiência profunda de conversão, a ponto de pegar o dinheiro de seu pai, dinheiro esse adquirido pela venda de tecidos, e distribuí-lo entre os pobres.
Dá para imaginar que isso enfureceu sobremaneira seu pai que o arrastou até o bispo da cidade, chamado Guido, pedindo que este o julgasse. Diante dessa situação, Francisco, cujo coração já se encontrava enamorado pelo Seu Senhor crucificado, num gesto emocionado de profunda humildade, retirou suas roupas e devolveu todo o dinheiro a seu pai, ficando completamente nu na frente de todos! Agora, ele já não era mais o filho de Pedro Bernardone e sim do Maravilhoso Pai Celestial!
A história é longa, depois Francisco foi viver como ermitão junto a uma humilde capelinha, a qual ele reformou com as próprias mãos. Vivia sem posses, sem dinheiro, sem bens materiais, servindo os desamparados, rejeitados, esquecidos e desprezados de seu tempo: os leprosos e mendigos!
Deus lhe deu companheiros que na época entenderam sua mensagem e passaram a segui-lo, vivendo a vida simples e humilde que o Evangelho de Cristo revela, pregando a paz, a liberdade no Senhor crucificado e amando e servindo o próximo. Foram perseguidos e agredidos de todas as formas por lideranças eclesiásticas e pessoas do povão que não compreendiam ou aceitavam o estilo de vida daqueles pobrezinhos de Deus. E a partir daquele grupinho uma grande multidão surgiu, a qual posteriormente recebeu o nome de “Ordem dos irmãos ou Frades Menores”.
Bem, porque digo que a mensagem e vida de Francisco é de extrema urgência para a Igreja nos dias de hoje? Para que possamos ter uma resposta satisfatória, é necessário ter em mente que a Igreja na época de Francisco não estava nem aí para os pobres. Era uma instituição enamorada do poder e da riqueza. Em outras palavras era uma Igreja que tinha deixado de lado os valores evangélicos da simplicidade, humildade, compaixão e amor.
Sendo assim, Francisco vem como um caniço em chamas com o amor divino. Uma sinalização de que a Igreja de sua época precisava se arrepender dos pecados do orgulha, avareza, indiferença e acepção de pessoas. Francisco amava a todos, cuidava de todos, independente de quem fossem.
Ao reler a vida desse santo, não teve como não me emocionar ao constatar que a Igreja dos dias de hoje precisa igualmente prestar a atenção na vida de Francisco de Assis, uma vez mais.
Isso porque uma grande parcela da igreja encontra-se mancomunada com o poder, com o glamour e a riqueza. A Igreja brasileira está precisando se arrepender igualmente do pecado da idolatria, da indiferença e da falta de compaixão. Isso!!!! É isso o que precisa acontecer nessas terras tupiniquins: que o Espírito de Cristo levante uma igreja arrependida, quebrantada e de coração compassivo! Uma igreja cheia de compaixão: essa é a maior necessidade e expectativa mais ardente do mundo falido e ferido, acerca de nós cristãos. O mundo não quer que briguemos com ele, mas, que o amemos sem restrições!
Mas, enquanto nossas preocupações forem construirmos catedrais abastadas, reuniões públicas hollywoodianas cheias de glamour e requinte, enquanto açoitarmos as pessoas com uma linguagem belicosa e desprovida de carinho e respeito, enquanto sustentarmos o discurso de ódio contra os homossexuais e atitudes de intolerância ao credo alheio, principalmente às religiões de matriz africana, o mundo continuará pisando na Igreja, pois, segundo o próprio Senhor dela, somente para isso é que serve o sal quando este perde o poder de dar sabor!
Como dizem por aí, Francisco não tinha rabo preso com ninguém e por isso era capaz de viver a vida espiritual profunda e de amor sacrificial que nos relatam seus biógrafos.
Acredito que a principal mensagem que Francisco deixou para a Igreja, tanto a da sua época como a de hoje, é a de que continua sendo impossível servir a dois senhores. Pois amaremos a um e odiaremos ao outro. Portanto, é impossível amar a Deus e as riquezas! E quando escolhemos amar a Deus, automaticamente acabamos por amar aqueles que são o alvo do amor divino: pessoas, independente de quem sejam.
Assim o foi no passado, assim o é hoje, e assim o será para sempre.
Paz e bem!

tau1

Read Full Post »

O ESPÍRITO DAS DISCIPLINAS

Afinal de contas, o que é ser cristão? Vivemos em uma sociedade rumo à globalização. Os efeitos dessa jornada já são vividos por nós. A necessidade de acumular informação tem sido a marca dos homens e mulheres “bem sucedidos” no mundo globalizado. Hoje, para nos sentirmos bem é necessário conhecer de tudo um pouco e se possível consumir tudo o que nos é apresentado. Assim, teremos experiências que satisfarão nossa existência. Nessa busca, algumas opções nos são apresentadas, métodos são criados, regras estabelecidas e a modernidade nos impõe um fardo impossível de carregar. Mas é quando nos deparamos com o estilo de vida de Jesus que somos confrontados e levados a conhecer o que realmente significa viver. Hoje, mais do que nunca, os ensinamentos de Jesus e sua proposta de vida, demonstram que viver como Ele viveu irá nos colocar no lugar certo, vivendo da maneira certa e com as perspectivas corretas. Este livro apresenta um quadro da sociedade atual em busca de uma revolução. As tentativas de revoluções sócioeconômicas foram frustradas e hoje se entende que somente uma revolução interior poderá nos transformar em pessoas melhores e, consequentemente, teremos uma sociedade melhor. Jesus demonstrou a possibilidade de trilharmos um caminho possível e O espírito das disciplinas apresenta esse caminho que nada mais é do que a vida que Jesus viveu. Viver esse estilo de vida é fruto da graça concedida. A decisão é sua de querer segui-Lo, e ser transformado, ou permanecer no mesmo lugar que está.

Autor: Dallas Willard

Editora: Editorial Habacuc

Read Full Post »

O MEIO DIVINO

Este livro de Teilhard de Chardin contém sua grande intuição mística: é testemunho de sua força visionária e do poder “integrador” de sua esperança. Quanto mais o homem for grande, mais a humanidade será unida, consciente e mestra de sua força; igualmente, quanto mais a criação for bela, mais perfeita será a adoração, mais o Cristo encontrará, para as extensões místicas, um corpo digno de ressurreição.

Autor: Pierre Teilhard de Chardin.

Páginas: 136

Ano: 2012

Editora: Vozes

Read Full Post »

NA LIBERDADE DA SOLIDÃO

Em prova eloqüente e profunda, apresenta um pequeno tratado sobre a meditação em intuições fundamentais. Reflete sobre a solidão do ser humano diante de Deus, o diálogo com Deus no silêncio e a inter-relação mútua. Busca o regozijo da vida espiritual.

Autor: Thomas Merton

Páginas: 96

Ano: 2001

Editora: Vozes

Read Full Post »

O CÉU COMEÇA EM VOCÊ

Temos aqui uma bela exposição da espiritualidade dos padres do deserto. Homens que abandonavam o conforto da cidade, em vista do relaxamento dos costumes, e iam para o deserto trabalhar, orar e jejuar. No deserto, lutavam com os demônios e conseguiam a serenidade espiritual. É muito oportuno essa volta às fontes, pois as grandes intuições desses verdadeiros atletas de Cristo, os exemplos e sentenças (“apotegmas”) que nos deixaram são de extrema atualidade.

Autor: Anselm Grun

Páginas: 144

Ano: 2010

Editora: Vozes

Read Full Post »

LECTIO DIVINA – O que é, Como se faz

A autora de forma profunda e pedagógica, sem perder a paixão, introduz-nos no oceano vasto da leitura orante das Sagradas Escrituras. De um jeito prático nos esclarece de que forma a antiga arte de ler a Bíblia com o coração pode ser efetuada por qualquer tipo de cristão em qualquer nível de vida espiritual. A contemplação é para todos!

Autora: Thelma Hall

Páginas: 152

Editora: Loyola

Read Full Post »

AS EXIGÊNCIAS DO SILÊNCIO

O livro traz experiências que os antigos monges (do 3º ao 6º século) fizeram com o silêncio. Ele contribui para se ter mais de clareza sobre a prática e mostra que o silêncio pode ser fundamental para que o ser humano trabalhe seu interior para conviver melhor nos dias de hoje.

Autor: Anselm Grun

Páginas: 88

Ano: 2010

Editora: Vozes

Read Full Post »

Older Posts »